Cirurgia de Hipermetropia a Laser

hipermetropia em ribeirao pretoAs cirurgias de Hipermetropia a Laser podem ser dividas em cirurgias de Superfície corneana ou Cirurgias Intraestromais (aplicadas no estroma da córnea).

Cirurgias de Superfície Corneana

Nesse tipo de cirurgia, o Laser é aplicada logo abaixo do epitélio corneano, que é uma fina camada de células na parte mais externa da córnea.

A cirurgia de superfície corneana pode ser feita de 2 maneiras:

1 - PRK cujo nome vem do inglês (Photorefractive Keratectomy)

Nesse tipo de cirurgia o epitélio corneano é removido cirurgicamente e desprezado. O laser é aplicado e uma lente de contato é colocada. O epitélio se refaz espontaneamente após 4 a 5 dias e a lente de contato é retirada.

2 - LASEK (Laser-Assisted Sub-Epithelial Keratectomy)

Nessa técnica, o epitélio também é removido e o laser aplicado, porém ele não é desprezado e sim recolocado. Também é colocado uma lente de contato que também é retirada após 4 a 5 dias quando esse epitélio é totalmente regenerado.

Cirurgias Intraestromomais

Nesses tipo de cirurgia, o Laser é aplicado no meio do estroma corneano.

A cirurgia intra intraestromomais pode ser feita de 2 maneiras:

Lasik – (Laser-Assisted in situ Keratomileusis)

Nessa técnica cirúrgica, é feito um corte semelhante a uma tampa de laranja através de um aparelho denominado micro-cerátomo. Esse aparelho faz uma sucção no olho e uma lâmina realiza o corte na cornea. Após o corte é levantado o flap (retalho) corneano e o laser aplicado no estroma da cornea. Terminado a aplicação do Laser o flap corneano é recolodado na sua posição original.

iLasik ou Femtolasik

O que difere essa nova técnica do Lasik tradicional é que o corte corneano realizado para a aplicação do Excimer Laser é feito com outro tipo e laser denominado Laser de Femtosegundo que se baseia no princípio de fotodisrupção e não ablação corneana como o laser de Excimer.

A confecção do Flap corneano com Laser de Femtosegundo é mais precisa do que com os microcerátomos tradicionais. Logo para o tratamento com esse tipo de técnica o paciente é submetido ao procedimento por aplicação de 2 tipos diferentes de Lasers.

Quando indico cirurgia de Hipermetropia?

  1. Há interesse do paciente pela realização do tratamento cirúrgico
  2. O paciente deve ser maior de 21 anos
  3. O grau deve estar estável há 1 ano ou mais
  4. Exames complementares normais

A Cirurgia de Hipermetropia é segura?

Sim. Muito segura! Não quer dizer que é isenta de riscos para a visão, mas a maioria absoluta das pessoas que realizam a cirurgia mantém a mesma visão com óculos e/ou lentes de contato.

Para a realização da cirurgia com segurança é fundamental uma avaliação criteriosa dos exames complementares pré-operatórios.

Tratamento para Hipermetropia?

Entre em contato e agende a sua consulta!!

O consultório está localizado em Ribeirão Preto.

2 Respostas

  1. Dr, tem um problema sou estrábico do olho esquerdo, gostaria de um esclarecimento quanto ao riso, pois o meu olho direito está com sete graus de hipermetropia é raro ocorrer na cirurgia vir a perder a visão. Se puder me informar ficaria grato.

    • Caro Edson,

      A perda de visão na correção com Laser é raro. Será necessário uma avaliação com exames complementares para ver a possibilidade de correção do seu grau.

      Atenciosamente,

      Dr. Wilian

Deixe um comentário